segunda-feira, 2 de julho de 2012

Uniforme de gastronomia


A organização da cozinha francesa foi inspirada  na hierarquia militar por isso o uniforme tradicional é semelhante ao dos antigos soldados europeus.

Dólmã branca

A dupla camada de tecido no peito é para para proteger em eventuais acidentes com fogo ou líquidos quentes. A fileira de botões dos dois lados tem o objetivo de “esconder” rapidamente as manchas, abotoando ao contrário e deixando o lado mais limpo na frente.
Criado em meados de seculo 18 pelo chef francês Marc Antoine (Antonin) Carême baseando-se na farda militar do exército turco, ou seja, no antigo dólmã dos turcos e sérvios.
Tem que ser confeccionado em tecido confortável, que não amasse muito, de fácil higienização, que facilite a movimentação e reduza riscos de acidentes.
Por causa do fogo, o tecido 100% algodão é mais seguro mas amassa muito então o tecido com mistura de poliester é muito usado mas corre-se o risco de inflamar.

Calça xadrez (pied-de-poule)
A calça xadrez (pied-de-poule) preta e branca,  de origem  francesa, torna as manchas e respingos de comida menos perceptíveis.
Lenço no pescoço
O lenço no pescoço tem o objetivo de absorver a transpiração do rosto e do pescoço e serve para impedir os choque térmicos ocasionados pelas mudanças de temperatura a que o cozinheiro está sujeito, durante seus deslocamentos a ambientes diferentes (câmaras frias, cozinha quente, etc...).
Avental saia

O avental grande e branco oferece proteção adicional contra manchas e também protege contar queimaduras.

 Fora da cozinha industrial ou formal, pode-se inovar o design e incluir estampas em chapéus e aventais para  imprimir personalidade, usar jalecos com bordados e peças com modelagem que valorize o corpo feminino como os deste  link. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou? Comente

Feiras e Eventos Julho/18

FEVEST FESTIVAL 2018 Evento de Moda íntima, Praia, Fitness e Matéria prima Data: 04 a 08 de julho de 2018 Local: Nova Friburgo Countr...