quarta-feira, 2 de maio de 2012

O estilo black music I

Antes de definir o estilo black music  vamos conversar sobre a influência da música black na moda.





“falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração”
Efésios 5.19



Atribui-se a origem da black music ao Negro Spirituals (lamento dos escravos camponeses dos Estados Unidos por volta de 1860) que eram hinos religiosos criados pelos negros a partir de histórias da Bíblia.
Um fato interessante relatado no livro “A moda e seu papel social” (CRANE, 2009, p. 379) é que desde o final do século XIX as roupas têm um significado especial na cultura negra americana, que fazia questão de se apresentar elegantemente em atividades de lazer (igreja, passeios), exibindo as próprias roupas e observando as dos outros.
Com o advento do rádio nos anos 60, a música negra e suas diversificações (gospel, soul, blues, jazz) tornaram-se conhecidas destacando-se Cheryl Lynn, One Way, Anita Becker e o James Brown, que acelerou o ritmo do Soul, surgindo o Soul ritmado mais conhecido como Funk Soul e que era tocado nos bailes dos anos 70.





A maioria dos cantores negros, de James Brown a Toni Tornado, aderiu ao visual black power.
Nessa época surge também a moda jovem que se rebela contra a ditadura da alta costura e cria seu visual como forma de diferenciação  e identidade e a influência dos cantores é claramente percebida ao longo dos anos (de Elvis Presley ao atual hip-hop).
Assim, a moda black dos cantores e dançarinos tinha elementos extravagantes e coloridos (influência afro) e a elegância dos ternos. Usavam terno confeccionado em cores fortes (como azul-celeste), com chapéu combinando, longas  correntes douradas, suspensórios, sapato bicolor. 


Um comentário:

O que você achou? Comente

Feiras e Eventos Julho/18

FEVEST FESTIVAL 2018 Evento de Moda íntima, Praia, Fitness e Matéria prima Data: 04 a 08 de julho de 2018 Local: Nova Friburgo Countr...